Decote do Vestido de Noiva

Meninas, como vão?
Depois de tanta teoria... mais teoria!!! rsrsrs... Já disse, mas vou repetir novamente: a procura do tão sonhado Vestido de Noiva deve começar meses antes (pelo menos, no pior das hipóteses, 6 meses antes do Casamento), para não correr o risco de ficar sem opção na reta final. É preciso experimentar vários modelos e até adaptar alguns detalhes para ficar perfeito.
Para começar podemos nos basear pelo decote do vestido de casamento que é uma espécie de curinga para favorecer ou disfarçar algumas medidas fora do padrão. Aqui vão alguns dos modelos de decotes mais conhecidos e quais os tipos físicos que são favorecidos por eles:
 

Tomara-que-caia: Atualmente é o preferido das noivas. É o decote sem alças (Ssrapless), e por isso muito usado nos casamentos de verão. Seu corte é reto e deixa os ombros à mostra valorizando o colo. Deve ser usado com um sutiã bem estruturado, por mulheres de seios médios e costas largas. Já as noivas de seios pequenos e costas estreitas devem evitá-lo.

Decote V: Afina o corpo, emagrece e alonga o pescoço. Bom para as gordinhas e baixinhas que precisam alongar a silhueta. Deve ser descartado por noivas de seios muito grandes ou muito pequenos.

Decote V profundo: Dirige o olhar no sentido vertical, alonga o pescoço e diminui o tamanho dos ombros. Deve ser usado por noivas magras de seios firmes e separados. Não deve ser usado por aquelas que possuem seios grandes.

Decote V nas costas: Perigoso porque não pode ser usado em todos os estilos de casamento, proibido para casamentos tradicionais. Chama a atenção para as costas e por isso disfarça bumbuns pequenos. Atentar para a lingerie certa e nada de marcas de sol, senão fica vulgar. Só as mais ousadas arriscam e jamais deve ser usado por noivas com o bumbum fora de forma.

Decote em U: Pode ter alças finas, grossas, mangas e até drapeado na frente, deixando a noiva mais sensual. Um toque a mais para este decote seria deixar as costas descobertas. É o decote que pode ser usado por todas as noivas.

Quadrado: Pode ter alças à altura dos ombros ou mangas, fazendo uma linha reta por cima do colo. Disfarça seios muito volumosos ou fora de forma, reduz os ombros, garante um visual discreto. As noivas muito magras não devem usá-lo para não sobrar tecidos nas laterais.

Assimétrico: É indicado para as noivas mais moderninhas porque brinca om as formas assimétricas e dá um toque original ao vestido. Devem apostar nesse modelo quem quiser um estilo diferente, mas que NÃO tenham ombros largos.

Bateau (Sabrina): Também conhecido como o decote Canoa porque segue a linha da clavícula, de ombro para ombro, ampliando o tamanho dos ombros. Por isso disfarça quadris largos, valoriza o pescoço e a nuca, equilibrando a silhueta. Podendo ser usado pelas noivas magras com seios pequenos e deve ser evitado por quem tem seios grandes.

Frente Única: Possuem alças que passam por trás do pescoço prendendo o vestido. Disfarça os seios fora de forma, como também valoriza quem tem seios bonitos, pois a atenção é voltada para o centro. Também quem tem e deseja mostrar as costas bonitas. As noivas mais altas podem abusar deste tipo de decote, ao contrário das que tem ombros estreitos.

Meia Taça: Também conhecido como coração, pois lembra a parte de cima de um coração, podendo ser no estilo de um tomara-que-caia com alças. As que podem usar são as noivas de seios redondos e bem colocados e as noivas de seios pequenos e flácidos não devem usar este decote.

Jóia: É o decote Careca, redondo igual o de camisetas. Fica ajustado ao colo, por isso é ideal para as magras com seios pequenos. Já as noivas de seios pronunciados não devem usar.

Com fenda: Detalhe que valoriza o busto e acentua os ombros. Indicado para noivas de seios grandes e desaconselhado para as de seios pequenos e ombros estreitos.

Ombro a Ombro: Segue a linha da clavícula, deixando o colo e os ombros à mostra com mangas que cobrem uma parte dos braços. Boa opção para a maioria das mulheres, exceto as de ombros largos ou braços grossos.

Retrato: Emoldura os ombros deixando a base do pescoço descoberta. Com efeito transpassado no tecido que vai de um ombro ao outro, é ideal para ombros bem colocados e clavícula reta, mas NÃO é indicado paras as noivas muito magras.

Cigano: Para as mulheres de seios pequenos, este decote traz volume no franzido do tecido, valorizando também ombros e costas. Indicado para visuais mais casuais e casamentos informais, portanto, não é aconselhável para os casórios tradicionais e para noivas com muito busto.

Cisne: Sem decote, é uma gola ajustada ao pescoço. Comum em vestidos com mangas compridas e rendadas, mas também pode ser visto em vestidos com mangas curtas ou até mesmo sem mangas. Fica perfeito em noivas com pescoço estreito e comprido e deve ser evitado por aquelas de pescoço curto e redondo porque pode parecer que está sufocando.

Assim, tente escolher o que mais te valoriza, viu?

No próximo post (finalmente!!! Uhuuuuu... rsrsrs...) modelos de Vestidos de Noiva para você se inspirar.

Beijos e fique com Deus !!!

0 Comentário(s)
Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Os coments são moderados para eu responder todos.
• Comente sobre a postagem.
• Sua opinião, sugestão, dica e alerta são bem-vindos!