Casamento Econômico


Os preparativos deixam qualquer Noiva doidinha, não é? E os gastos não cessam!!!

Você acha que casar rima com gastar? Nem sempre! Vai depender de um monte de coisas... Seguindo essas dicas você poderá economizar na preparação do seu Casamento.

Veja:

- Lista de Convidados
O primeiro e mais importante passo é definir a quantidade de convidados. Eles determinarão todo o custo do casamento. Em média de 100 à 300 pessoas. Façam uma lista separada e depois juntem e vão selecionando os que devem ou não comparecer.

- Vestido
Fazer ou alugar? O aluguel em geral costuma sair mais em conta, afinal o modelo não terá de ser criado e modelado, prepare-se para andar nas lojas em busca do modelito perfeito. Mas se seu sonho é um modelo exclusivo, opte por tecidos similares aos mais usados como a musselina de microfibra ao invés da seda. Há lojas que têm bases prontas de vestidos. Basta você escolher os detalhes e apliques, assim ele será exclusivo.

- Na Cabeça
Coroas, fivelas, véus e mantilhas. Os modelos são infinitos e para cada um, há um preço. Pense em fazer um lindo penteado e usar pequenas flores no cabelo. Procure alguém na família que tenha um véu de tecido nobre. Restaurar é uma boa opção. O aluguel destes materiais é a forma mais barata e viável.

- Acessórios
Isso as bijuterias são capazes de oferecer sem o menor problema e a um custo muito menor que as jóias verdadeiras.

- Faça você mesma 
Aprenda a fazer em casa o que puder e envolva amigos e familiares dispostos a ajudar. Vocês podem fazer os próprios convites, bem casados, lembrancinhas etc. Dá trabalho, mas, além de economizar, as coisas ficarão com um toque pessoal.

- Noivo
Escolher entre fazer ou alugar, fique com a segunda alternativa. Ainda mais se a roupa não tiver uso depois. Ninguém compra um fraque para usar depois, alugar um terno ou um plastron é bem mais acessível e prático do que fazer um. O tecido dita, e muito, o valor da peça. Os materiais como oxford ou panamá costumam sair mais em conta.

- Daminhas e Pajens
Os vestidos para as daminhas variam de um florido a uma princesa. Para os meninos, é costume usar a roupa semelhante a do noivo. O aluguel continua sendo a opção mais em conta, afinal ninguém vai querer um mini fraque pendurado no cabide para sempre. Se for mandar fazer, escolha tecidos como organza e tafetá.

- Sapatos
Uma ideia interessante é forrar um sapato usado com o mesmo tecido do vestido, pois ele já estará amaciado. Se não tiver nenhum que sirva, recorra às liquidações de verão e escolha o par perfeito. Uma dica é provar o sapato no fim do dia, assim seus pés estarão inchados. Se o modelo ficar confortável nesse horário, será perfeito para encarar de pé a cerimônia.

- Convites
Defina o número de convidados. Prefira os convites clássicos. Na impressão, escolha o relevo americano, além de barato, fica muito bonito. Nem sempre o papel importado faz a diferença, analise antes. Tamanho é diferença, quanto maior mais caro. Na quantidade, saiba que cada família recebe um, filhos que moram em outra casa recebem separado. Para o calígrafo, veja se alguém na família tem uma letra bonita e peça a gentileza de ajudar. Negocie junto com o convite, o cartão de agradecimento.

- Cerimônia
Igrejas disputadas custam mais, mas tem a sua vantagem. Há igrejas que marcam cinco casamentos em um só dia, o que faz com que as noivas dividam o custo da decoração. Algumas religiões exigem o curso de noivos. Para participar há um custo, procure a igreja mais barata.

- Local da Festa
O buffet é sempre mais cômodo, mas também há custos. Para os casamentos diurnos o preço costuma ser menor, pergunte sobre a variação. Procure lugares alternativos, como chácaras familiares, o salão do prédio, o clube e, quem sabe, uma galeria de arte. Os preços costumam ser mais atraentes.

- Flores
As flores embelezam e dão cor aos eventos, escolha flores da estação, custam mais barato e não se corre o risco de murcharem. As flores mais usadas são boca de leão, lisiantos, rosas e lírios. Escolha flores maiores, assim você economiza na quantidade. Para dar volume, acrescente bastante verde a decoração. Compare e pesquise preços de um lugar para o outro, pode haver grande variação no orçamento.

- Bouquet
Seja direta com a florista, pergunte o preço do buque e depois pesquise a variação de preço de outras flores. Para o segundo bouquet, o das solteironas, é interessante que o noivo mande uma rosa vermelha no início da manhã e a noiva entre com ela e depois jogue para as solteiras, além de ser romântico, é econômico.

- Buffet
Se há uma coisa sobre a qual os convidados comentam é a comida. Então cuidado na hora de economizar. O horário determina e muito o custo do buffet. Para um casamento de manhã o brunch é perfeito, um casamento à tarde, salgados, folheados e bolo é o essencial. Para noite, não tem escapatória, uma refeição completa deve ser servida. Sirva canapés e monte uma mesa estilo ilha com frios e saladas. É importante que os convidados fiquem satisfeitos. No almoço, os chefs recomendam as massas.

- Na Mesa
Uma coisa é certa: a criatividade vale e muito para economizar. A regra é pechinchar. Faça orçamento e, se extrapolar, pense em uma locadora de materiais para festas. As toalhas de algodão custam menos e dão um efeito bonito, use este tecido para confeccionar os guardanapos. Para prender os guardanapos use fitas de cetim ou prendedor de guardanapos. Troque os pratos de porcelana por de louça, isso ajuda a economizar. Use elementos naturais do local como parte da decoração. Na praia, coisas do mar. No campo, plantas e frutas.

- Bebidas
Falou em casamento, pensou em champagne, mas nem sempre o bolso dá para isso. A solução é procurar alternativas. Em casamentos matutinos e vespertinos é possível fazer a festa sem bebidas alcoólicas, servindo somente sucos, coquetéis e refrigerantes. Troque a champagne por prosecco e sirva somente na hora do brinde, assim todos poderão saborear. Use o serviço de consignação. Nele você só paga pela bebida que consumir. Analise um detalhe curioso, as festas onde convidados permanecem sentados nas mesas, as bebidas são consumidas até o fim, já que se sabe qual copo pertence à aquela pessoa, já quando a pessoa fica em pé, ela acaba deixando o copo pelo caminho. O local da festa também determina, e muito, a bebida. Em um sítio ou praia devido ao calor as pessoas costumam beber mais do que em um salão fechado com ar condicionado.

- Foto e Filmagem
Não dá para ficar sem a recordação de um dia todo especial. 0 melhor é pesquisar e conhecer fotos e filmagens, assim você terá uma base de valores e também do nível do trabalho. Para a filmagem o ideal é ter duas a três câmeras para dar conta de todos os ângulos, e não se esqueça do making-of no dia da noiva!

- Transporte
O sonho de entrar com um carro de luxo, ou uma carruagem, pode pesar um pouco no orçamento. Modelos mais comuns podem fazer o mesmo efeito, afinal as pessoas pouco verão o carro, pois já estarão dentro da igreja.

- Doces
Uma forma de baratear o custo é mesclar forminhas simples com sofisticadas, criando um bonito cenário. Lembre-se de comprar sempre um pouco a mais, a média é 4 docinhos por convidado, mas para não faltar encomende 5 docinhos para cada convidado. Para a mesa de doces, escolha tecidos como tule e cetim, para enfeitar use pétalas das flores da sua decoração. Os recipientes onde ficarão os docinhos podem ser bomboniers que você mesmo compra em lojas de cristais, ou dependendo do estilo da festa, em cestas de vime ou bambu.

- Bolo
O bolo é a alegria da festa, ele enche os olhos dos convidados. Os enfeites são determinantes para uma boa apresentação. Para economizar, faça apenas uma camada de bolo e o resto falso, recheado de bem casados. Pesquise preços em padarias, confeitarias e docerias.

- Lembrancinhas
O modelo determina o valor, quanto mais detalhes, mais caro sairá. Escolha modelos simples, ou, quem sabe, o tradicional bem casado. Mini porcelanas, saquinhos com amêndoas, mini vasos de flor, são uma boa ideia. Se você tiver tempo, vá em lojas de aviamentos, elas costumam vender modelo a um preço bem acessível.

- Músicas para a Festa
Economize em dinheiro e nunca em animação. A escolha da banda, música ou Dj, é um momento importante, afinal ele que vai comandar a festa! O Dj costuma sair mais em conta, já que tudo vem compactado e uma única pessoa é contratada. Uma banda os custos aumentam, devido ao número de integrantes. Vocês podem escolher uma dupla, eles também têm um custo acessível. A música para cerimônia é algo bem pessoal, uma orquestra, Djs ou até mesmo cantores podem ser contratados. Um quarteto de cordas é muito bonito e bem acessível que um grupo de pianista. Uma forma de economizar, é buscar em conservatórios, aprendizes de músicos, eles costumam cobrar menos.

- Lua-de-mel
Destinos nacionais são, obviamente, mais baratos que internacionais. Pesquise quais são os períodos de alta temporada no destino desejado e evite os picos.


2 Comentário(s)
Comentário(s)

2 comentários:

  1. Cada detalhe é muito importante realmente.
    Beijos da Jaque
    https://www.facebook.com/Simplesmente-Jaque-478419272168900/
    meucantinhojaque.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim, Jaque... Eu segui algumas coisas e economizei bastante no meu casamento. :-)
      Beijos, Linda!

      Excluir

• Os coments são moderados para eu responder todos.
• Comente sobre a postagem.
• Sua opinião, sugestão, dica e alerta são bem-vindos!