Debatendo sobre Relacionamentos




Oi, Meninas... Tudo bem?

Vamos hoje debater sobre relacionamentos.


Atualmente, nunca foi tão difícil manter um romance. Por que será? Até artistas famosas enfrentam problemas na área, entrando e saindo de namoros e casamentos relâmpagos, imagine as anônimas. São mulheres bonitas, bem-sucedidas, algumas com nível superior, casa ou apartamento, carro, mas que não conseguem manter uma relação estável.

Muitas destas mulheres independentes, por um lado, assustam os homens, que, algumas vezes, ganham menos e nem tem o ensino médio completo. Por outro lado, creio que o sexo ficou muito banal. A pessoa vai à uma festa, aborda o ser que lhe agrada, chama num canto, e de repente estão indo transar. Não tenho nada contra, cada pessoa faz da vida o que achar melhor, mas a meu ver, ficou fácil demais. Se a cada dia, o homem pode ter a mulher que quiser, pra que ter um relacionamento mais sério?

Pois bem, não digo que não se deva ir à luta, chegar junto, conhecer pessoas... contudo deve-se ter um limite. No ano novo mesmo, íamos meu marido e eu para a casa de minha sogra. No caminho atrás de nós estavam duas meninas de uns 11, 12 anos no máximo e uma adolescente de uns 15, 16 anos com um bebê no colo. Uma das meninas gritou para um menino, com idade aproximada da dela: "Ei, menino! Ela quer te conhecer!" A outra menina disse:"Oxi? Eu não!" A adolescente respondeu: "Fulana, deixa disso! Beltrana não é rapariga igual a tu não." Pois veja o contexto: duas crianças de uns 11 anos, uma oferecendo a amiga (ou irmã) para outra criança, o menino em questão. As crianças hoje em dia, mais precoces e só pensam em namoro, sexo (dia desses eu li que uma menina de 11 anos realizou o "sonho" de engravidar do namorado de 14! É o fim!!!). A adolescente que cuidava das duas com tal linguajar... Podem me taxar de antiguada, mas não admito estas coisas. Assim, quando se tem maturidade suficiente, claro que chega uma hora para namorar. Mas tudo tem seu tempo...

A sociedade como ela está se transformando e firmando nos leva ao que está ocorrendo: falta de interesse sério que rume para um relacionamento duradouro.
As mulheres querem sim namorar, casar, formar uma família. E querem mais... querem um homem que lhes abra a porta do carro, puxe a cadeira no restaurante, mande flores, bombons. Mas claro, não a qualquer preço.


E vocês, meninas, o que acham?

Estou esperando os comentários.



Sigam-me também nas minhas Redes Sociais:


Facebook   |   Instagram   |   Pinterest   |   Google+


Texto protegido pela Lei nº 9610/98 - Direitos autorais.
4 Comentário(s)
Comentário(s)

4 comentários:

  1. Parabéns pelo teu blog flor, ele é lindo, estou adorando as postagens. Já estou te seguindo
    Quando tiver novidades passa lá no meu para me avisar ok?? Vou adorar voltar aqui.
    E se puder seguir e curtir minha pag, vou ficar muito feliz de ter você por lá. beijOs.
    http://andressalara.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Andressa, e bem-vinda! Todo dia tem novidade aqui. :-)
      Xerinho...

      Excluir
  2. Adorei o post, eu tb tenho visto a mesma coisa, fogo né!!!
    Beijos =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... Está havendo uma revolução não muito boa em nossa sociedade, Priscilla. Obrigada pelo comentário!
      Beijinhos, Flor!

      Excluir

• Os coments são moderados para eu responder todos.
• Comente sobre a postagem.
• Sua opinião, sugestão, dica e alerta são bem-vindos!