5 coisas que você vai aprender ao morar sozinha


Saudações!!! Tudo joia? Espero que sim...

Muitas pessoas têm aquele desejo de sair da casa dos pais e ir morar só. Eu mesma quando era mais jovem, pensei demais em morar sozinha ou até mesmo com uma amiga. Inclusive, já estava combinando com uma amiga de morarmos juntas, mas arranjei namorado, noivei, casei... rsrsrs... Pois bem, não fui morar sozinha, mas não tenho dúvidas que deve ser uma experiência única!

Com certeza, sair da casa dos pais é algo, digamos assim, desafiador e marcante. A liberdade de criar uma rotina própria, acordar a hora que quiser, cuidar das coisas do seu jeitinho... tudo isso é superbacana. Mas usando uma frase de Stan Lee: "Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades". Assim você precisará encarar que morar sozinho(a) não é assim tão fácil, não são apenas flores.

Existem alguns detalhes, coisas que ninguém fala, mas que você vai aprender quando morar sozinha ou sozinho. Aqui separei 5 dicas... Vamos conferir?

São 5 dicas valiosas para você enfrentar mais esse desafio, pois sabemos que serão muitos no decorrer de sua vida. Lá vai...


1 – Nada se resolve sozinho

Jamais pense que as coisas vão se resolver em um passe de mágica. Se você vai morar só tudo vai ficar ao seu encargo. Limpeza e arrumação da casa, compras, contas para pagar etc.


Claro que os pais ou outra pessoa podem ajudar em algumas coisas, mas se fosse para depender de alguém você não tinha ido morar sozinho(a), não é? Então se prepare e vá à luta! Mexa-se!


2 – Imprevistos acontecem

Sabe aquele momento em que você está em casa à noite e de repente falta energia? Puff! Cadê as velas ou a lanterna? Você está no chuveiro e repentinamente a água esfria? Será que faltou energia (de novo! rsrsrsrsrs...), ou o chuveiro queimou? A geladeira começou a congelar demais ou de menos? O que houve? Você está cozinhando e falta gás? E agora? Coisinhas deste tipo sempre acontecem. Mas não se desespere! Para tudo há solução.


É imprescindível que você tente agir com calma e raciocine. Algumas vezes você poderá contornar os problemas. Em outras, precisará de um técnico ou de outra pessoa que ajude. O ideal é realmente ter calma e pensar em como vai resolver o problema que surgiu.


3 – Cuidado com as contas

Isso vale para as contas que vão vencer e para as contas que você vai fazer.

Primeiro, as contas que terá que pagar: fique atento(a) às datas. Nunca deixe para o último. Aconteceu com minha mãe: ela foi pagar o cartão de crédito no último dia. Faltando três pessoas para ela ser atendida, faltou energia. Então ela resolveu ir embora, voltou, não tinha chagado ainda a energia, e ela foi embora novamente, decidindo pagar no outro dia, pois pensava que os juros de 1 dia não seriam demais. Resultado: teve que pagar quase R$ 60,00 de multa por conta de um único dia. Afff... Portanto, se puder, vá pagar pelo menos um dia antes de vencer, e para não esquecer igual a mim (passei um mês sem pagar o cartão por esquecimento!) que passei uma vergonha danada em uma loja quando meu cartão foi recusado (você poderá passar esta mesma vergonha, ou ter a luz ou água cortadas, por exemplo), deixe as contas bem à vista em cima do rack ou coloque um lembrete no celular.


E para as contas que você pensa em fazer, cuidado para não extrapolar. Não se pode ganhar R$ 1.000,00 e querer gastar R$ 2.000,00! Tenha tudo na ponta do lápis ou faça uma planilha no Excel. Eu tenho a minha. :-) 


4 – A comida não fica pronta em 5 minutos

Sim, o miojo fica pronto em 3 minutinhos, mas é saudável? Não, não é? E comer miojo todo santo dia além de não ser nada bom para a saúde, um dia abusa.

Todos nós precisamos de uma alimentação saudável e balanceada e levamos um bom tempo cozinhando, mesmo que a quantidade de comida seja para apenas uma pessoa. Contudo, vale à pena “perdermos” este tempinho preparando algo gostoso e bom para comer.


Portanto, nada de sobreviver de fast food, delivery e micro-ondas!

Não sabe cozinhar? Não se “aperreie” não! Eu quando casei também não sabia. Sério. Apenas sabia o básico do básico e hoje cozinho muito bem (maridinho já falou que eu cozinho melhor que a mãe dele! rsrsrsrsrs...).

Com o tempo, a gente aprende as medidas, o tempo de cozimento e muda até as receitas prontas. :-)

Uma coisa importante que não posso deixar de citar diz respeito ao prazo de validade. Fique atento(a) com as datas de vencimento dos produtos para que não se estraguem no seu armário ou geladeira.


5 – Cuidado com os horários

Não esqueça de colocar o despertador para acordar você pela manhã para não perder seus compromissos. E para não esquecer de programar o despertador já agende ele para tocar todos os dias.


Lembre-se que assim que o despertador tocar é hora de se levantar. Nada de ficar aqueles +5 minutinhos, pois como você mora só, não vai ter quem te acorde, e você não quer chegar atrasado(a) na universidade, no trabalho ou em outro compromisso que tenha.

E então, Gente? Gostaram das dicas?

Alguém mais tem alguma dica importante para citar?

Compartilhe conosco!

10 Comentário(s)
Comentário(s)

10 comentários:

  1. Gente,sorte que eu moro com meus pais ainda haha,adorei o post meu primo vai morar sozinho em breve vou mostrar pra ele,to seguindo,pode retribuir ? beijos :*

    http://opsgastei.blogspot.com.br/2014/01/look-du-jour-sun.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrsrs... Eu não fui morar só, mas casei e acho que se torna quase a mesma coisa, né? Pois bem, no começo eu sofri demais, mas agora as coisas melhoraram. :-)
      Vou lá sim e sigo, Amanda.
      Beijinhos!!!

      Excluir
  2. Meu Deus, minha mãe que me aguente por um bom tempo viu rsrs
    Estou te seguindo. Aguardo sua visita no meu blog :3

    http://giseleszarbo.blogspot.com.br//


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrsrsrsrs... Meus pais me aguentaram por pouco mais de 30 anos! kkkkkk... Mas posso afirmar também que é muito boa a independência, viu?
      Vou lá no seu cantinho, Gisele. Beijos!

      Excluir
  3. Great post. I remember what it was like living by myself. Bring back memories. Haha

    Hazel
    www.theskimplelife.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha... That good! Cool you have remembered things from his memory.
      Kisses!

      Excluir
  4. Acho que vou ficar na casa da minha mãe por um bom tempo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrsrs... Eu tive este medo, mas é muito bom sermos independentes, viu? Eu deveria ter experimentado morar sozinha. :-)
      Beijo, Tay!

      Excluir
  5. Nossa é meu maior desejo morar sozinha, se bem que tenho uma vida bem lotada, saio de manhã e só volto a noite por conta da universidade e alguns projetos que participo.
    Acho que sentiria falta maior da comidinha da minha mãe, que sempre está lá pronta :(

    Aprender a cozinhar é o primeiro passo né? kk

    http://corpojardim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Camila. Eu quando morava com meus pais, tinha 3 empregos: saía às 7h e chegava às 22:30h em casa. Quando casei, optei por apenas 2. Mas agora só tenho 1 e sei muito bem como dá trabalho morar com marido. rsrsrsrsrs...
      Meu sonho era morar sozinha, mas não deu mesmo...
      Quanto à comida de mamãe, eu sinto falta sim. Mato a saudade quando vou lá em casa. kkkkkkkkk... Mas eu cozinho bem também. Aprendi na marra, mal fritava um ovo! kkkkkkkkkk...
      É bom aprender a cozinhar antes de ir morar só, mas na prática a gente aprende.
      Beijos, Linda!

      Excluir

• Os coments são moderados para eu responder todos.
• Comente sobre a postagem.
• Sua opinião, sugestão, dica e alerta são bem-vindos!