Uma grande mulher virtuosa


Imagina uma segunda-feira de manhã.  Você acorda atrasada, o vaso sanitário do seu apartamento está entupido, quando vai tomar café, além de estar amargo, ainda pinga na sua camisa social branquinha ( e você atrasada ). Mas o seu sorriso não some dos lábios, você chega no serviço, escuta a mesma piadinha sem graça do porteiro do prédio, pega o elevador que sempre está com os mesmos barulhos de “eu vou cair-nhe-nhe- eu vou cair”, a faxineira do corredor sempre com os mesmo comentários de “plena segunda-feira” como: Fim de semana foi bom hein, dá pra ver nessa sua barriguinha aparecendo!

Enfim, ser gentil é uma arte nesses casos. Deixando a faxineira apenas com um sorrisinho no canto da boca como resposta (mesmo não sendo o que ela merecia) você entra na sua sala, e percebe que a patroa passou por ali e deixou uma verdadeira baderna, além de não jogar o lixo dentro do cesto, esconder xícara de café atrás do monitor, e ter ficado raspando o esmalte da unha sem se preocupar com o chão de piso branco limpinho que todos os dias ela pisa e deixa aquelas marcas horrendas. 

Você com toda calma e seriedade do mundo (acredite, você consegue ter essa calma) , pega o espanador, uma vassoura, e paninho com lustra moveis e deixa tudo um brinco cheirando jasmim. Passa um café fresquinho, limpa o banheiro. Deixa tudo muito agradável aos olhos.

Que beleza heim!! Que grande mulher virtuosa você é!! Imagina se você tivesse ligado para o vaso entupido, o café amargo que sujou sua camisa, a piadinha do porteiro, o comentário da faxineira, a baderna da patroa, e as casquinhas de esmalte que persistiram em ficar grudadas no piso branco que tinha marcas de sandália suja.

Creio que não teria um bom resultado mesmo limpando umas 10 vezes.

A patroa chega, e nem repara que a fada madrinha da Cinderela limpou tudo o que parecia ser impossível, mas afinal de contas, é seu serviço mesmo, não é mais que sua obrigação.

Ela vai pra sala dela, e começa a berrar pedindo o Café, que às vezes ela fica pendurada no telefone e esquece o coitado debaixo do ar condicionado, e quando vai tomar, berra de novo falando que o café que você fez dava pra matar o guarda de tão gelado, e pede pra você passar outro. Com toda delicadeza do mundo, você com aquele sorrisinho doce, recolhe a xícara ( isso quando ela não derruba café na mesa, daí você pega um paninho pra limpar ) e leva outro cafezinho quentinho pra ela ( mesmo com uma vontade enorme de tacar na cara dela )

Logo ela começa achar outros defeitos na sala, no computador que trava toda hora, na mesa dela... enfim, você apenas ouvindo e sorrindo.
Isso ... que boa moça você é!

E quando os clientes começam a ligar, e ela não quer atender, tenta explicar para um aposentado que a Advogada está ocupada, você no mínimo vai ouvir muuuuito daqueles velhinhos que não tem o que fazer, e acha que advogado também tem diploma em medicina pra ficar falando de seus problemas de saúde. Isso quando eles aparecem no escritório sem marcar hora, Poxa vida!! Eles marcam hora com Médico, com Dentista, com Psicólogo, com Fisioterapeuta, até com o veterinário... mas com Advogado ninguém marca hora. 

E você Sorrindo!!!

Agora imagina se você tivesse se estressado logo de manha com o vaso entupido? E depois ficasse ainda mais irritado com o café? E todos aqueles outros problemas e gentetola* que fala coisatola* 

Torne-se uma pessoa centrada. Não há melhor remédio para isso do que “Sorriam e acenem rapazes, Sorriam e acenem” Quem faz o seu dia bom é você !
___________________________________________

Isso é um pequeno pedaço de um dia que ocorreu na minha vida há muito tempo atrás, bem antes de me casar. Eu trabalhava em um escritório de advocacia. Eu lembro desse dia como se fosse HOJE ! e eu não pretendo deixar que ele caia no esquecimento.

Toda vez que eu vejo a bagunça que meu marido fez na casa que estava toda limpinha, quando eu vejo que vou ter que lavar toda a roupa novamente porque a cachorra arrancou tudo do varal, quando eu vejo que ninguém sabe comer direito a mesa e insistem em fazer do chão o prato... Eu me lembro desse dia!

No final desse dia, dessa segunda-feira de horrores, minha patroa me presenteou com um livro que eu queria muito, e ainda me deu um aumento. Eu nunca me esqueci disso. Quando ela me chamou, eu bufei na minha cadeira, respirei fundo pra aguentar a bronca e Sorri, como uma princesa em sua abobora magica.

O dia fica mais bonito quando sorrimos, o sol brilha mais, os passarinhos cantam sua musica favorita, o mal humor não suporta pessoas que sorriem e as pessoas que sorriem detestam o mal humor.

Eu prefiro atrair pessoas que dão risadas de tudo, mesmo quando tudo vai mal, porque vejam bem, tirando o que tá ruim o resto está tudo bom ! sempre olhe por esse lado.

Eu dou graças à Deus por ter escrito esse dia da minha vida e guardado no meu diário, hoje eu dou muita risada lembrando disso e vendo como eu amadureci com essa lição que aprendi em um dia de tanto horror!

Treine isso na sua vida também, sorria para o fracasso, dê risadas do leite derramado, brinde a bagunça, ande de mãos dadas com o cansaço, seja gentil com gentetola* e faça da sua vida um lugar melhor!


Tirando o que tá ruim, o resto tá bom... e o que não tá bom, a gente passa uma vassoura!



Siga-me no Blog:



Texto protegido pela Lei nº 9610/98 - Direitos autorais.

0 Comentário(s)
Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Os coments são moderados para eu responder todos.
• Comente sobre a postagem.
• Sua opinião, sugestão, dica e alerta são bem-vindos!