Resolvi assumir: estou com depressão



Oi genteeee. Dei uma sumida aqui do blog porque aconteceram fatos inesperados na minha vida. Tomo a liberdade de não falar sobre cultura neste post, mas de contar alguns problemas que tive nos últimos meses e em minha opinião o pior deles foi o desemprego. Enfim, na minha casa a estatística dos 11 milhões de desempregados faz sentido. Meu marido foi demitido e não tem sido fácil encarar esta situação de frente. Principalmente, se você acha que tem que segurar a barra da família e dar força o tempo todo fingindo que nada de ruim está acontecendo.




Agora em maio fiz 50 anos e planejei tantas coisas para esta data... mas confesso que não tive oportunidade de colocar nada em prática e estou arrasada com esta situação. Desde o início do ano comecei a pensar que nada valia a pena, porque afinal eu iria morrer mesmo. Resultado: parei de fazer exercícios, engordei, relaxei com o meu canal literário no you tube, com as postagens no meu blog e aqui, enfim, um marasmo completo.
  



Hoje, pleno domingo, acordei e a ficha caiu. Além de todos os problemas, posso estar com depressão. Gosto muito de assistir palestras do TED, uma plataforma gratuita na Internet que você pode acompanhar depoimentos de pessoas de todo o mundo contando sobre as suas dificuldades e como elas foram superadas.




Procurei por depressão e achei uma palestra de 18 minutos do escritor Andrew Solomon. Ele inicia dizendo que depressão é a falta de vitalidade e que é necessário tomar remédios. Também informou que quando estamos depressivos achamos que nada vale a pena ser feito porque vamos morrer mesmo. Plim, plim...então posso estar no início de uma depressão.




A primeira coisa que decidi fazer foi tentar recuperar a minha vitalidade escrevendo para vocês este post para assumir que estou com o problema, porque tenho me escondido atrás de uma aparência supostamente feliz e espero ajudar e ser ajudada.. Também vou reativar o meu cronograma de vídeos no you tube, controlar minha alimentação, procurar um médico e voltar a postar aqui sobre cultura. Peço desculpas a todos pela ausência e ao mesmo tempo peço ajuda para quem puder me dar dicas para superar esta fase. Espero que seja este o primeiro passo para me livrar desta tristeza. Boa vida a todos.
1 Comentário(s)
Comentário(s)

Um comentário:

  1. Oi, Jucimara, tudo bem? Acompanho o blog faz poucos dias porque voltei a usar o meu também a poucos dias. Quando vi o título do seu blog não hesitei em entrar porque eu passo por isso há 3 anos, porém fiquei 9 meses curada após tomar medicamento. Hoje tudo voltou. Não só depressão como síndrome do pânico. Meu blog fala sobre isso e meu canal do youtube tem váaarios vídeos falando sobre depressão, transtorno de ansiedade e pânico. Se quiser e se for te ajudar, o link é esse: http://youtube.com/c/gravidaaos19/
    Espero que te conforte e que você possa saber que hoje em dia é muito comum ficar depressiva e com problemas de ansiedade. Procure ajuda médica urgente antes que piore!! Beijos.
    BLOG SÓ FLAVICES

    ResponderExcluir

• Os coments são moderados para eu responder todos.
• Comente sobre a postagem.
• Sua opinião, sugestão, dica e alerta são bem-vindos!