As musas do carnaval e o mito da beleza

26 fevereiro 2017

Há poucos dias do Carnaval eu abro a Internet e as notícias sobre as musas já começaram. É um festival de seios, bumbuns, maquiagem e fantasias. Corpos sarados e para ninguém botar defeito, pelo menos nas fotos.

Eu paro para pensar: quantas musas o Carnaval já teve e que fim elas levaram? São tantas mulheres que lutaram para aparecer em forma na Marques de Sapucaí, que tentaram de tudo para conseguir uma foto. Será que valeu a pena?

Isis de Oliveira, Nana Gouveia, Angela Bismark, Viviane Araujo, Valéria Valenssa ...O culto ao corpo que faz muitas mulheres esquecerem tudo e investirem apenas na aparência. Pensando nisto, fiz uma lista das que eu lembrava e fui procurar saber o que aconteceu com elas.


Monique Evans, na década de 1980, desbancou várias passistas e se tornou a musa do carnaval. Hoje, ela reclama que não recebeu salários de várias escolas e que não é chamada para desfilar.


Luma de Oliveira, ex-mulher do ex-milionário Eike Batista, hoje preso pela operação Lava Jato, desfilou de coleira com o nome dele, em 1998. Hoje, sossegada, com alguns quilos a mais, ela passeia tranquila pelo Rio de Janeiro.


Luiza Brunet sempre reinou absoluta na passarela do samba. No ano passado, deu queixa contra o namorado milionário e violento e o acusou de agressão. O caso está na Justiça. Ela volta a desfilar este ano pela Imperatriz Leopoldinense.

A mulher e a cultura da beleza


Diante de tanta ânsia pelo corpo perfeito, eu aproveito para indicar o livro de Naomi Wolf, "O Mito da Beleza" que mostra como a mulher esta refém da mídia, que a faz querer ter o corpo perfeito. Ela explica que esta obsessão faz com que o sexo feminino  tenha uma terceira jornada de trabalho. A primeira é fora de casa, a segunda em casa e a terceira nas academias para satisfazer uma sociedade que exige uma mulher profissional, dona de casa e linda.

Pare e pense. Cuidar do corpo é essencial para a saúde, mas fazer dele uma obsessão é prejudicial para a mente. Analise suas prioridades e faça o que a deixa feliz, sem se importar com o que a sociedade pensa.

Bom Carnaval. Paz e beijos.
Deixe seu Comentário
Postar um comentário

• Os coments são moderados para eu responder todos.
• Comente sobre a postagem.
• Sua opinião, sugestão, dica e alerta são bem-vindos!