Este é meu primeiro post sobre maternidade... Não, eu não estou grávida (ainda! rsrsrsrs...), mas da minha lista, notei que faltava este tema e como, se Deus quiser, este é o "meu ano" para engravidar, resolvi começar a "investigar" o assunto e postar aqui no blog. :-)

Vou iniciar com algumas dicas para que tenhamos uma gravidez tranquila e saudável. Vamos lá!

1 - Procure seu(sua) ginecologista: Faça uma avaliação de rotina (preventivo, exame de mama, exame ginecológico e exames de imagem). É importante dizer se você tem diabetes, hipertensão, epilepsia, depressão ou outras doenças crônicas. Não esconda se tem alguma doença, inclusive se você e seu marido já tiveram as sexualmente transmissíveis. Certifique-se se suas vacinas estão em dia, e apenas recorra a elas com conselho médico.

2 - Tome ácido fólico: Deve-se começar a tomar o folato (ácido fólico) 3 meses antes de engravidar e continuar nos primeiros 3 meses de gestação. O suplemento é fundamental para que a coluna do bebê se desenvolva corretamente, evitando defeitos no tubo neural.

3 - Cuidado com a balança: É importante estar em forma antes da gravidez. O sobrepeso pode levar a diabete gestacional e hipertensão. O final da gestação em mulheres gordinhas pode ser mais difícil e a incidência de cesarianas é maior. Ao final da gravidez, a mulher deverá ter engordado em torno de 9 a 10 kg, que correspondem ao peso do bebê, água, placenta e edema. Tudo que for a mais significa gordura, o que trará dificuldade de perda na fase pós-parto.

4 - Evite álcool: Uma tacinha de vinho uma vez perdida não faz, mas o excesso de álcool pode fazer muito mal, podendo levar a baixo peso do bebê ao nascer, causar defeitos cardíacos, alterações no crescimento fetal intraútero e interferir no desenvolvimento cerebral.

5 - Não use drogas: Drogas ilegais são prejudiciais tanto para a grávida e quanto para o bebê. Eles podem nascer com síndrome de abstinência e ter uma maior dificuldade de relacionamento e de aprendizado.

6 - Evite a cafeína: Procure ingerir menos café. Um café expresso ou 3 xícaras de café comum ao dia não trazem problemas.

7 - Pare de fumar: Fumar eleva o risco de bebês nascerem com peso baixo, parto prematuro, complicações na gravidez, e síndrome de morte súbita do bebê. Esta dica vale também para fumantes passivos; estes correm os mesmos riscos.

8 - Entre em forma: Exercícios regulares ajudam a perder peso, melhoram o humor e reduzem o estresse. Trinta minutos 3 vezes por semana é o ideal. Para depois que a mulher estiver gestante, natação, ioga e caminhada são excelentes exercícios. Fazer exercícios nos três primeiros meses de gestação não traz problemas. No caso de cólicas ou sangramentos, o repouso deve ser observado. E o uso de cintas e soutiens apropriados para grávidas também deve uma preocupação.

9 - Mantenha uma alimentação saudável: Alimente-se bem, dando preferência a frutas, vegetais, grãos, proteínas. Evite gordura, fritura e açúcar. No caso de dúvidas, procure um(a) nutricionista para orientação.

10 - Vá ao Dentista: Faça uma limpeza periodontal antes de engravidar. A doença periodontal pode levar ao aborto ou ao parto prematuro. Se o tratamento na gestação for necessário, é proibido usar raios-X. A anestesia sem adrenalina está liberada.

Espero que estas dicas ajudem às futuras mamães!

Fiquem com Deus! Beijo...