decoração clássica

Quer conhecer 5 estilos clássicos para decorar sua casa? A palavra clássico é muito difícil de se definir. Ela pode significar “o que segue os padrões estéticos dos antigos gregos e romanos”, “algo que de há muito é habitual” ou então “que se caracteriza pela sobriedade; simples, sóbrio, despojado”. Para nós, no entanto, a definição de clássico se atribui a “algo que, por sua qualidade, tem valor reconhecido, constitui um modelo, uma referência.” E tendo como ponto de partida essa definição, concluímos que uma casa clássica nem sempre tem um estilo único, mas que diversas influências podem constituir algo como decoração clássica. No post de hoje, apresentamos 5 estilos de decoração consideradas clássicas do design de interior para serem aproveitados por anos sem nunca saírem de moda. Confira!


Estilos clássicos para decorar a sua casa


1) Rústico


decoração clássica

Quando o assunto é móveis rústicos, o uso da madeira como matéria prima tem grande destaque. Isso não quer dizer, no entanto, que ela precisa ser óbvia. Tons diferentes proporcionam experiências e sentimentos diferentes, assim como acabamentos propositalmente envelhecidos, envernizados ou foscos.

Os cômodos que melhor se adequa ao tipo de decoração rústica são as cozinhas, salas e até mesmo quartos. Alguns elementos específicos de cada um desses cômodos, assim como móveis característicos do estilo rústico ajudam a ambientar a casa. Além do uso expressivo da madeira, o ferro também se destaca como matéria prima de móveis rústicos. Ladeiras feitas de metal, fogões a lenha e camas com finas estruturas de ferro são alguns exemplos. Móveis multifuncionais, com múltiplas gavetas, por exemplo, também remetem um ar interiorano e tradicional, sendo ideais para uso em salas e cozinhas, para guardar utensílios, mas também em quartos, como guarda-roupa.


Apesar de serem associados mais recorrentemente com ambientes frios, no estilo country, esse tipo de decoração também fica linda em casas de praia, como as que podem ser encontradas em Arraial do Cabo. Se você está procurando casas residenciais nessa bela cidade do litoral fluminense, clique aqui e acesse o portal Ei Imóvel para mais informações.

2) Luís VX


decoração clássica

Os móveis em estilo Luís XV trazem um ar antigo completamente oposto à decoração rústica. O destaque desse tipo de decoração já vem no nome, em alusão ao monarquista francês absolutista. É considerado um dos estilos estéticos franceses de maior impacto, sendo, por isso, alvo dos mais diversos revivalismos ao longo do tempo.

São características desse tipo de decoração o exagerado, em alusão ao rococó, sem perder o bom gosto. Composições clássicas do estilo Luís XV são as paredes e portas com boiseries, feitas geralmente de gesso. No entanto, o símbolo dessa tendência é a Cadeira Luís XV, tida como objeto de luxo, é encontrada em casas de representantes da mais alta sociedade. Feita em madeira esculpida e forrada com tecidos como veludo e seda, nas mais diversas cores, a Cadeira Luís XV pode servir como impotente objeto único num espaço minimalista ou combinada em decorações mais ousadas.

3) Retrô


decoração clássica

Os móveis em estilo “retrô” são clássicos atemporais que remetem a estética do anos 50 e 60, cuja pegada futurista hoje é tida como referência do passado. Caracteriza-se pelo uso de materiais plásticos, como acrílico, e combinações com formas diferentes, como linhas finas retas, onduladas, quadrados e círculos na mesma composição. Também explora o uso de cores vivas e combinações inusitadas no estilo color block.


Esse estilo ainda é muito utilizado para criação de salas e, principalmente, cozinhas. Geladeiras esmaltadas e coloridas, chão quadriculado, explosões de candy color, são alguns dos exemplos mais pedidos em decoração retrô. Outros elementos interessantes desse estilo são os contrastes entre chão escuro e tapetes claros, as famosas cadeiras Wishbone e os grandes sofás Chesterfield.

4) Marchetado


decoração clássica

Os móveis marchetados também utilizam a madeira como principal matéria prima, mas a elevam a um novo nível, através de técnicas de corte e encaixe. Tendo se destacado nos anos 70 e 80, a união de formas geométricas com materiais fortes criam composições que no primeiro olhar parecem divertidas, mas que dão seriedade ao espaço, sem torná-lo monótono. O estilo marchetado é utilizado principalmente em pisos, formando os mais diferentes padrões. São ideias para espaços largos, como salas, salōes, hall de entrada e escritórios. Mas também apresenta-se na forma de móvel, dando destaque especialmente para mesas dos mais diversos tamanhos e cômodas ou guarda-mudos. Elegantes, são versáteis e atemporais.

5) Minimalistas


decoração clássica

Se o futuro dos anos 50 é considerado nosso retrô, qual seria o futuro clássico da decoração? Não é preciso uma máquina do tempo para descobrirmos, basta acompanhar o Instagram da família Kardashian West e ter uma noção de como a estética minimalista é o novo clássico futurista. Espaços brancos repleto de espelhos, com iluminação forte e móveis que praticamente se fundem com a parede, o teto e o chão dão, até mesmo, um ar humanista para esse tipo de decoração, cujo único objeto de destaque é o próprio morador.


Destaca-se o uso desse tipo de composição em cômodos como banheiros e closets, mas também tem se utilizado bastante em espaços conectores, como corredores e escadarias. Fachadas também utilizam-se com frequência do estilo minimalista, e são recorrentemente vistas em cidades como Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Veja mais sobre opções de imóveis em Cabo Frio através do Portal Ei Imóvel.
Beijos e fiquem com Deus!